Luciano Araújo apoia medidas adotadas para conter o avanço da Covid-19 na Bahia e em Salvador

O presidente estadual do Solidariedade na Bahia Luciano Araújo, afirma que apoia as medidas adotadas pelas autoridades para conter a pandemia do novo coronavírus na Bahia. O governador Rui Costa (PT) decretou toque de recolher das 20h às 5h, até o dia 28 de fevereiro, em 343 municípios. O prefeito Bruno Reis decretou, a partir desta quarta-feira (24), a interdição daa praias, quadras e clubes de Salvador. As medidas também serão válidas por sete dias, e podem ser prorrogadas.

A Bahia registra mais de 5 mil casos de Covid-19 nas últimas 24h; pelo 5º dia. E a taxa de ocupação de leitos de UTI está em 80 %.

“Independente da ideologia política, o governador Rui Costa e o prefeito Bruno Reis estão dialogando e realizado medidas em prol do combate à pandemia da Covid-19. As iniciativas são necessárias para conter o avanço da pandemia no nosso estado, mas elas não terão efeitos se a população não colaborar. Precisamos entender que estamos em uma guerra e, se não nos cuidarmos, o vírus vai vencer. A situação é muito grave”, disse Luciano Araújo.

Nesta quarta-feira (24), o governador do estado, Rui Costa, afirmou que se os números continuarem avançando, será necessário um novo lockdown na Bahia.

Vacinação

A Bahia recebeu nesta quarta 129,5 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, por volta das 11h20. As doses chegaram em um voo comercial e serão transferidas para um veículo e levadas para a sede do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar. A previsão é que outro avião com 79, 2 mil doses da vacina CoronaVac chegue ao aeroporto de Salvador, às 21h20.

“A população aguarda agora a estratégia da retomada da imunização. Vamos ter atenção e continuar os cuidados necessários para conter os casos ativos da Covid-19 na Bahia. Use máscara, higienize as mãos e evite aglomeração”, pontuou Luciano Araújo.